Flor de abóbora recheada, crocante e dos Deuses.

Sabor semelhante ao da abóbora e marcante. Flores amarelo-alaranjadas e macias com pedúnculo verde.
Eu nem lembro como eu descobri que se comia flor de abóbora. Sei que foi na Espanha. E até então só pensava nela recheada. Mas podem ser consumidas cruas em saladas, assadas, sautées, fritas ou como guarnição.
Há dois tipos de flor de abóbora. A fêmea que nasce junto com o fruto e o macho que nasce com um longo caule.
Hoje cedo elas estavam arreganhadas e consegui fazer foto das duas para mostrar a diferença.

img_4230
Fêmea

As flores masculinas têm caules mais longos, e dentro de suas pétalas fica o estame. Já as flores femininas não têm estame; em vez disso, têm um estigma e um ovário.
Por mais que seja deliciosa, se colher todas as flores macho da abobreira, a fêmea não consegue dar os frutos. Para que se desenvolva a abóbora que nasce com a flor fêmea é necessário que haja a polinização da flor macho, isto é feito através de insetos, como a abelha: Se por acaso não ocorrer a polinização, aquela bela abóbora com a flor na ponta irá murchar e morrer.
Fonte ehow

img_4231
Macho

Por um acaso começou a nascer um pé de abóbora na nossa compostagem. O certo não é jogar sementes de nenhuma espécie na composteira, mas foi. E hoje temos um pé gigante. O engraçado é que ela começou a crescer para fora do terreno e está quase invadindo a rua.

Olha que beleza!

img_4125

Em Lorena ganhei um punhadinho de cambuquira. Não sabia que podia comer as folhas e o broto da abóbora também. Mais um aprendizado que eu trouxe na bagagem.

Elas são classificadas como PANCS, plantas alimentícias não convencionais. Estou aos poucos me familiarizando com essas novas opções de plantas comestíveis.

cambuquira
Cambuquira

Deixou o recheio com uma crocância e um sabor tão especial. Com o pé de abóbora em casa comemos cambuquira com quase tudo. Com arroz integral, omelete, ovos mexidos, molhos, pastas. Só usar a criatividade.

img_4138

Colhi algumas, cortei os talos e limpei por fora antes de lavar em água corrente. Pensando bem eu devia ter feito esses talos também.

img_4149

É preciso limpar por dentro com muita delicadeza. Mas é quase impossível que a flor não rasgue. Se você conseguir tirar o estame sem rasgar, por favor, me conta o segredo! – O estame é o miolinho amarelo da flor do macho.
Lave com muito cuidado porque elas são muito frágeis e seque com papel toalha. Qualquer movimento mais brusco, você não conseguirá manter o recheio dentro.

A cambuquira foi para o fogo com bastante alho antes de adicionar no recheio.

img_4142

Fiz uma massa para “empanar” e um recheio com ricota, gorgonzola e a cambuquira.

img_4156

Agora é só rechear, unir as pontas para manter tudo dentro e empanar.

img_4161

Na Espanha nós mergulhamos no óleo, mas eu descobri que não precisa. Além do mais mergulhar no óleo deixa a flor muito pesada. E ela é muito delicada. Precisa valorizar sua leveza.

Dessa vez fritei em um fio de azeite e deu super certo. É só virar com cuidado para que todos os lados fiquem bem crocantinho e dourado.

img_4168

Petisco pronto!

img_4196

img_4181Acho que já disse antes, mas geralmente eu faço tudo a olho. Abro a geladeira e vou improvisando. Com essa receita não foi diferente. Use sua criatividade para substituir a receita se achar necessário. A ideia também é estimular a usar o instinto e o que você tiver em casa.

FLOR DE ABÓBORA RECHEADA
MODO DE PREPARO

  • Flor de abóbora – O quanto você quiser. 
  • 1/2 xícara de farinha de arroz integral
  • Água bem gelada – O quanto baste.
  • Sal a gosto
  • Pimenta do reino fresca a gosto

>Retire o caule e o miolo das flores com muito cuidado porque elas rasgam facilmente. Lave em água corrente, retire o excesso da água e seque com papel toalha. Reserve.
>Bata com um garfo ou fouet a farinha e a água que deverá ser adicionada aos poucos. A massa deverá ficar espessa e uniforme. Reserve.

PARA O RECHEIO
Por favor, use o recheio que quiser. Eu tinha exatamente os ingredientes abaixo.

  • Ricota fresca – A quantidade depende de quantas flores você for rechear. Eram 6 flores. Usei pouco mais de 1/4.
  • Gorgonzola – Sem exageros!
  • Cambuquira o quanto baste 
  • Alho picadinho a gosto
  • Manjericão fresco picadinho
  • Mostarda a gosto
  • Sal  a gosto e se for necessário, por isso antes de adicionar, experimente!

>Pique o alho e a cambuquira. Frite o alho e salteie a cambuquira juntos. É bem rápido porque não queremos perder a crocância. Reserve.
>Misture o restante dos ingredientes até obter uma pastinha cremosa. Adicione a cambuquira com o alho. Misture e experimente para saber se está no seu gosto. 
Se usar a ricota fresca, você precisará de algo para deixar ela mais cremosa. Eu coloco um pouquinho de requeijão, iogurte ou creme de ricota.
>Recheie uma flor por vez com cuidado. Capriche no recheio! Una as pétalas para não vazar o recheio e empanar.
>Depois é só colocar um fiozinho de azeite em uma frigideira e fritar até todos os lados ficarem crocantes. 

Ai você da uma mordida e sente toda a crocância da cumbuquira e a cremosidade do recheio.
Pode ajoelhar e rezar viu!! O sabor é único e marcante. Não tem nada igual!

img_4198

Isso é muito bom!!!!!!!!!!!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s