Jiló, o fruto famoso pelo seu sabor amargo.

Até um tempo atrás eu também não gostava de jiló. Achava amargo, sem graça. Não comia de jeito nenhum. Então acredite, jiló pode ser gostoso sim!

Essa receita é da Tia Fátima. Desde que voltei, todas as vezes que vou visitar as tias, aproveito para pegar dicas de tempero, receitas, preparos que elas estão acostumadas a fazer desde sempre. Ando aprendendo a cada dia algo novo e abrindo meu olhar para algumas coisas que não comia antes.
Ela disse que todas as vezes que sobra um bocado de jiló refogado, ela transforma no dia seguinte em TUTU, tipo tutu de feijão. Esse dia ela me deu pouquinho para experimentar e UAU! Delicioso!! Eu senti o amargor do jiló, mas era suave. A farinha equilibra o sabor amargo. E qualquer coisa que tenha farinha ganha o meu coração de imediato!

Ontem foi dia de abrir a geladeira e aproveitar o que tinha. Lembrei do TUTU, usei meu instinto e as dicas da Tia Fátima.
Se você não gosta do jiló porque ele é muito amargo, quando refogar não mexa muito. Assim não ficará tão acentuado.

Vocês já viram o jiló maduro?? É esse da foto. Vermelhinho. Coisa linda de viver! E parece que pode comer ele assim. Agora ele maduro é amargo que só. Pelo menos é o que dizem. 

Vou te contar uma curiosidade que fiquei sabendo, o amargo estimula a salivação e tem uma ação bactericida na boca. O processo promove limpeza bucal e o hálito saudável. Além de vários benefícios para o nosso organismo. Tem um lado bom!
Fonte: Saúde – iG 

Para tornar ainda mais gostoso e animado o preparo. Escuta aí “Qui nem Jiló” de Seu Luiz Gonzaga mas cantada por Gilberto Gil. A letra compara o amargor do jiló com a saudade de alguém que se deseja rever, e o remédio para não sofrer é cantar.
Para mim música é essencial quando estou na cozinha. É alegria que invade a alma!!!

TUTU DE JILÓ
MODO DE PREPARO

  • Vamos lá. Use seu instinto. Eu não segui nenhuma receita. Fiz a olho.
  • Jiló. A quantidade que você quiser. Eu usei 5 porque é o que eu tinha na geladeira.
  • Cebola e alho a gosto. Eu sou louca pelos dois, então caprichei. 1 cebola média e 3 dentes de alho.
  • Sal, orégano desidratado, limão em pó, pimenta negra, cebolinha e tomilho fresco. Ou os temperos que você quiser. Eu usei o que tinha em casa.
  • Tomatinhos cereja. Eu amo o saborzinho mais doce e achei que poderia casar perfeitamente com o amargo.
  • Farinha de milho. Eu usei essa porque estou matando a saudade e porque encontrei essa farinha deliciosa que é feita aqui em Santo Antônio do Pinhal. “Farinha de milho RP – Rio Preto”.
  • Azeite para finalizar e deixar mais molhadinha

img_4180

  • Primeiro refogo a cebola. Eu gosto dela bem douradinha. O alho eu coloco um pouquinho depois quando a cebola estiver murcha.
  • Depois que estiverem bem douradinhos ou ao seu gosto, acrescento o jiló. Salpico os temperos, mexo e deixo de lado enquanto corto os tomatinhos cereja ao meio.
  • Se for necessário coloque um pouquinho de água ou caldo de legumes caseiro. (Acabei de ter essa ideia do caldo)
  • Tampa semi-aberta.
  • Quando estiver mais molinho ou al dente. Isso com certeza depende de você. Eu gosto mais da crocância de todos os vegetais, mas Dona Kate gosta mais molinho. Então deixei meio termo.
  • Outra coisa, eu sempre vou experimentando para saber como está o tempero. Vai sem medo! Cada um tem um gosto particular.
  • Coloco os tomatinhos por último porque eu gosto de senti-los na comida. Leve mexida e farinha de milho. Coloque aos poucos e misture com delicadeza.
  • Como eu gosto mais molhadinho, eu rego com azeite.
  • Escolhi mudar um pouco e usar cebolinha fresca que temos aqui em casa.

img_4207

Bom apetite!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s