E se nós almoçássemos juntos? Eu cozinho pra você.

Hoje em dia tudo é tão artificial. Estamos perdendo o contato físico, o olho no olho, as conversas. Vivemos atrás de uma tela. E o que mais buscamos é viver momentos reais. Por isso também que resolvemos abrir as portas de casa. Para receber pessoas que estejam abertas a viverem novas experiências com a gente.

Num dos últimos post escrevi sobre o que é a comida compartilhada, porém escrevi pouco sobre o projeto La Gordita. Depois de alguns encontros lá em casa o projeto foi criando forma e agora posso explicar com mais detalhes como ele está.

img_3353

img_3375-2

img_1679

14938355_1305726142794654_3827649191995367442_n

Temos uma mesa para 10 pessoas mas recebemos no mínimo 5 para almoçar ou jantar. Podemos fechar um grupo ou pode ser que você compartilhe a mesa com pessoas diferentes. Por isso o compartilhar é a palavra chave. E conhecer pessoas novas faz parte do menu.

img_3371

img_3373
Deixamos em aberto para quem vier se sentir livre para participar dos preparos, trocar receitas e dicas.
“A melhor escola é a escola da vida. Todo mundo tem algo a ensinar e sempre o que aprender”.
img_1669
A proposta é preparar alimentos naturais sem usar produtos industrializados. O trabalho é maior, mas assim podemos sentir deveras o real sabor do alimento e dos temperos naturais. Além de saber exatamente o que nosso corpo está ingerindo.

img_1594

img_3522

Demorei um pouco para definir que cozinha seguir quando cozinhasse para as pessoas que fossem em casa, principalmente quando sugeriam que eu deveria servir algum tipo de carne durante as refeições compartilhadas. Sempre escutei as sugestões e achava que todo mundo poderia estar certo. Talvez se eu seguisse o que eu realmente gosto ninguém viria provar a minha comida. Todavia o que pude perceber é que comida vegetariana para algumas pessoas ainda é um tabu. E que para alguns comer significa ter carne, de qualquer tipo, senão, não há sustância e sentido. Creio que seja pelo fato de estarmos ligados ao convencional e no que a indústria alimentícia nos faz crer. Ao contrário! Temos a possibilidade de criar tantos pratos incríveis devido a infinidade e riqueza de alimentos. A variedade de hortaliças, frutas, cereais, frutos secos, sementes, leguminosas é sem fim.
Respeito muito quem consome carne, porque até 1 mês atrás eu consumia. Só acho que podemos abrir o paladar, e pelo menos uma vez, provar sabores diferentes. E não precisa consumir carne todos os dias. É demasia com o próprio corpo!
Comida vegetariana é muito rica e saborosíssima. E acreditem, eu amo comer! Isso significa que precisa ter muito sabor.
Resolvi seguir minha intuição, cozinha vegetariana como profissão o vegetarianismo como estilo de vida. É onde me sinto mais à vontade. Desde que morei em Londres e conheci uma amiga vegana passei a me interessar pelo o que ela comia. Já que ser vegano é tão restritivo. Lembro de algumas refeições na casa dela que comi rezando de tão saboroso. Além das conversas sem fim e o que aprendi sobre esse universo veg. Isso tudo me despertou muita curiosidade em aprimorar o que eu cozinhava para as minhas marmitas. Foi assim que começou. Fui atrás de receitas, diminuindo quantidade de carne e colocando em prática.
Ana Rõs, uma chef super renomada na Eslovênia, a qual admiro muitíssimo pelo seu trabalho e história de vida, disse: “Amor é crucial. Sem amor é difícil trabalhar direito”.
Isso vale para absolutamente tudo nessa vida. E fico feliz que eu possa provar um pouquinho disso.

Tudo isso é pra explicar que sirvo comida vegetariana cheia de amor e sabor..

img_1624

Minha mãe e eu abrimos as portas de casa juntas numa grande e especial parceria. Não poderia existir pessoa melhor para estar ao meu lado.

img_1731

O menu não é fixo porque a ideia é que a cozinha seja de estações para obter alimentos mais frescos. Normalmente o menu é “surpresa” para tornar a experiência gastronômica mais excitante e para que vocês possam descobrir em cada garfada.
Surpresinhas boas são sempre bem vindas né?
Só precisamos que nos avise com pelo menos 5 dias de antecedência para preparar tudinho. 

De qualquer forma posso revelar o que irei preparar no dia sem problema algum, caso não queira comer às escuras. Normalmente eu deixo somente os petiscos surpresa e o restante revelo.

Além das comidinhas, faz parte do projeto trabalhar com produtores locais e utilizar seus produtos para movimentar e valorizar a produção local.

Em cada almoço preparado montamos uma feirinha orgânica. Mas antes passo a listinha com o que o nosso produtor terá no dia e, caso haja interesse, encomendamos a colheita.

Isso tudo faz parte do La Gordita baseado nessa nova forma de se relacionar gastronomicamente. Experimentar novos sabores, cheiros e texturas. Fugir completamente do sistema restaurante. Onde você senta, escolhe no menu, come e vai embora.

Aqui você irá degustar cada novo sabor e poderá discutir sobre cada elemento, ouvir os passarinhos cantando, estará no meio do verde, e terá muitas horas para desfrutar do momento, das pessoas, da comida e do lugar.

Iremos receber todos de braços abertos.

Julia

Para falar com a gente sobre localização, preço, menu ou para falar um oizinho temos o e-mail e tel abaixo:
E-mail: lagorditablog@gmail.com
(12) 99772-4039
Whatsapp: +34 693 825 608

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Mônica C Lopes disse:

    Juuu! Que ideia fantástica!!
    Não sabia nem que tinha voltado de Londres, que dirá que estava com um
    projeto tão delícia desse jeito! 🙂
    Desejo muito sucesso pra você! Concordo plenamente: com amor, na verdade é a única maneira de se fazer algo direito!
    Pretendo visitar seu recanto com alguns amigos, adorei a ideia! Entro em contato pra saber mais detalhes de como tudo funciona!
    beijão!

    Curtir

    1. Juju disse:

      Mônica!!!! Sim!! Estou de volta, muito feliz e com um novo olhar para a vida. Comecei esse projeto da comida compartilhada e estou adorando essa experiência única.
      Por favor, venha mesmo!!! Será maravilhoso reencontra-la depois de tanto tempo. Venha quando quiser!!!!
      Obrigada mesmo pelas palavras lindas!!
      Um beijo gigantee

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s